Dicas para dormir bem

O sono é responsável por manter o funcionamento normal do cérebro e é também um descanso necessário e reparador de energia física.
A quantidade de sono em muitos casos não importa, mas a qualidade é fundamental, pois uma noite mal dormida afeta a qualidade de vida e o funcionamento do corpo, afetando também o desenvolvimento das funções diárias.
Muitos aspectos podem atrapalhar o bom sono como ingestão de café à tarde após as 15h ou à noite, alimentação pesada no jantar, trabalho estressante no período noturno. Uso de computador, esportes competitivos, televisor no quarto, horários irregulares para dormir e despertar, trabalho em turno diverso.
É necessário considerar que cada organismo reage de forma diferente, para alguns organismos as dicas para dormir bem podem ser úteis, quanto que para outros casos pode não haver resposta desejada, depende de cada pessoa.
Para dormir bem é importante manter uma rotina, dormir e acordar na mesma hora. Em caso de insônia procurar uma atividade relaxante ao invés de forçar o sono, isto aumenta a ansiedade e gera mais insônia, não se deve compensar o sono perdido com cochilo durante o dia, pois não há mais como recupera- lo. Tomar banho quente, leite aquecido ou chá, manter o quarto escuro, arejado e silencioso e realizar atividade sexual.
Ter o peso corporal adequado também reflete no bom sono e manter regularmente atividade física, são os passos para ter noites de sono de qualidade.

Dormir pouco faz mal?

Para uma pessoa adulta ter de sete a oito horas de sono é o recomendável.
Muitas vezes uma pessoa dorme pouco ou perde noites de sono, pois é forçada por alguma circunstância.
A privação do sono afeta a capacidade cognitiva da pessoa, pois para que o cérebro funcione com toda sua eficiência precisa do sono.
Se a pessoa desenvolveu algum distúrbio do sono tem a memória, a atenção e concentração comprometidas, podendo denotar irritabilidade e lentidão na execução de tarefas.
Dormir pouco tem se tornado comum atualmente devido às exigências da sociedade moderna. Existem os que precisam de menos de 6 horas de sono sem prejuízo, são pessoas eficientes, ambiciosas, extrovertidas e carismáticas.
O bom sono não é mensurado por horas, mas sim pela reparação proporcionada à pessoa.

Dormir demais é doença?

O trabalho, exercício físico, alguma doença, a gravidez e o estresse são fatores que aumentam a necessidade de sono.
Pessoas que dormem demais têm maior tendência a desenvolver a Depressão, aliás, o dormir demais pode ser um sinal da doença, como também estas pessoas são mais ansiosas, introvertidas e retraídas.
Enquanto algumas pessoas necessitam de menos de 6 horas de sono, há aquelas que necessitam de mais de 9 horas para desenvolver as funções diárias.

Qualquer tipo de perturbação do sono, sendo para mais ou para menos, é um sintoma precoce da eminência de alguma doença mental. Para se ter uma boa saúde e uma vida saudável, é necessário dormir bem, restaurando assim o desgaste das horas que se passa acordado.

GD Star Rating
loading...

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>