Educação Inclusiva o que é?

educação inclusiva com imagem de quebra cabeças com peça laranja sobrepostaA Educação Inclusiva é um processo social e compõe um sistema de educação e ensino em que ocorre a integração do aluno portador de necessidades especiais em escolas de rede pública ou privada.

Na educação Inclusiva não existem classes especiais, pois o aluno não tem que se adaptar a pedagogia sendo avaliado por ela, ele deve ser estimulado a desenvolver sua potencialidade, através da participação ativa nas atividades, sendo respeitado quanto ao seu estilo e ritmo de aprendizagem. O respeito e o valor individualizado é a forma ideal de acolher a todos através de modificações profissionais, no ambiente físico e de recursos para que os direitos sejam cumpridos, o que é um desafio à capacidade das escolas e professores.

Educação Inclusiva, o que o professor tem a ver com isso?

professor e alunos com e sem deficiênciaPara atuar em coerência com a educação Inclusiva o professor deve desenvolver habilidades e estratégias, utilizando de criatividade para adequar-se as necessidades de cada aluno, buscando rever sua prática, inovando as técnicas de ensino. O professor tem papel fundamental na aprendizagem, por isso deve buscar orientações e formações diversas a fim de promover seu conhecimento e auxiliar na aprendizagem.

Deve promover a aprendizagem cooperativa, fazendo com que seus alunos trabalhem juntos, dessa forma os que têm mais facilidade auxiliam os que têm dificuldade, sendo o facilitador deste círculo de aprendizagem, apoiando, orientando e aconselhando. Para facilitar o ensino de todos os alunos, é necessária a utilização de diversos recursos sensoriais e cognitivos em vez de priorizar o ensino expositivo em sala de aula. O professor deve também, manter diálogo com a família do portador de necessidades especiais, construindo confiança, esclarecendo dúvidas e angústias, estimulando a participação em reuniões. É importante que o professor tenha expectativa igualitária a todos os alunos, que acredite neles e que não mantenha uma posição de onipotência mostrando-se dono de todo o saber, mas dando oportunidade ao aluno de aprender a partir de seu contexto, progredindo dentro da sua capacidade.

Educação Inclusiva no Brasil

bandeira do brasil com foto de varias criançasSegundo dados do IBGE, houve um crescimento de 10% no ingresso de portadores de necessidades especiais às escolas brasileiras, totalizando 928 mil, mas o número de alunos não integrados ainda é maior. De acordo com o censo escolar, 60 mil professores têm formação especializada e existem ainda 1,5 milhões portadores de necessidades especiais a serem atendidos. Quanto às instalações e recursos necessários para inclusão apenas 82% dos municípios tem essa disponibilidade e mais da metade das escolas necessitam de adequação.

A educação Inclusiva tem apresentado avanços, mas há muito a melhorar, o portador de necessidades especiais quando integrado a sociedade, pode se sentir útil para a construção do espaço em que vive.

Leia mais sobre Educação Inclusiva

GD Star Rating
loading...

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>