Esquizofrenia tem cura ou não

rosto de homem sobreposta pelo mesmo rosto divididoO termo Esquizofrenia se refere à Esquizo que é divisão e Phrenia que é mente, ou seja, divisão da mente.
É uma doença que apresenta diversos sintomas de outras doenças e é originada por múltiplos fatores que vão da genética e também situações desencadeantes e agravantes vivenciadas pela pessoa.
O tratamento psicofarmacológico é incapaz de curar a doença, porém, a manutenção farmacológica por tempo prolongado pode reduzir as recaídas e as internações, por isso a importância do medicamento.

Esquizofrenia sintomas e causa

mulher sentada com a cabeça e braços entre as pernas, e varias dela mesmo falando com elaOs sintomas da Esquizofrenia compreendem alucinações, delírios e idéias persecutórias, pensamento e fala desorganizada, afetividade embotada, comportamento bizarro, pensamento paranóico, a cisão com a realidade, o prejuízo do juízo critico e a agitação psicomotora.
Grande parte das pessoas que possuem a Esquizofrenia tem algum tipo de alucinação visual, auditiva ou táteis, no entanto os delírios a grande maioria das pessoas apresentam, isto se deve ao conteúdo e a forma dos pensamentos que ficam perturbados, o discurso da pessoa é incoerente, aparentando pressão ao falar, fuga de idéias e a fala retardada ou simplesmente muda.
A pessoa não demonstra afeto e perde prazer pelas coisas que antes apreciava.
As causas da esquizofrenia ainda estão sendo estudadas, entre as causas quais se destaca a genética. Atribui-se então a uma desordem hereditária, assim, ter grau de parentesco com uma pessoa que possua a doença aumenta o risco de desenvolvimento.
As condições maternas como diabete, doença pulmonar grave, anemia, inanição podem prejudicar o desenvolvimento do feto aumentando a vulnerabilidade à doença. O nascimento precoce, a inadequada nutrição, com redução no suprimento de oxigênio, iodo, glicose, e ferro afeta o desenvolvimento do sistema nervoso central e futuramente pode ser associado ao aparecimento dos sintomas da Esquizofrenia.
O tamanho reduzido do cérebro comparado a uma pessoa que não tenha a doença também é um fator relevante e observado em pessoas esquizofrênicas.
Uma trajetória de vida marcada pela hostilidade e rejeição ou pelo excesso de afeto por parte de familiares, não são apenas os responsáveis, mas influenciam no aparecimento dos sintomas, como também, situações estressantes somadas à vulnerabilidade orgânica da pessoa desencadeiam e/ou agravam a doença.

Esquizofrenia tratamento

desenho de cientista examinando cérebro humanoDurante muito tempo a única opção que se tinha de tratamento para a Esquizofrenia era a internação.
Atualmente o tratamento é realizado com a utilização de medicamentos característicos que são os antipsicóticos, neurolépticos, ou tranquilizantes maiores. Entretanto os efeitos da medicação demoram a aparecer, levando dias a semanas.

O tratamento farmacológico deve ser unido ao tratamento psicoterapêutico que visa a reabilitação psicológica e social da pessoa, a medicação atua na redução dos sintomas prevenindo recaídas, enquanto que a psicoterapia fornece apoio a pessoa para enfrentar e manejar as diversas situações.

GD Star Rating
loading...

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>