Sintomas raiva humana doença

mulher rangendo os dentesA raiva é transmitida ao ser humano através da mordida de um animal infectado, pois devido a mordida há o contato com a saliva do animal que contém o vírus e esta saliva penetra na pele da pessoa. O local da mordida perde a sensibilidade e o vírus adentra o sistema nervoso, alcançando a coluna vertebral da pessoa, então de neurônio a neurônio o vírus chega ao cérebro.
Geralmente 40 dias é o tempo que o vírus leva para percorrer os nervos da região até o sistema nervoso central.
Pode haver momentos em que a pessoa infectada passa agir como um cão podendo até querer morder outra pessoa, porém como o vírus na saliva humana é fraco, na maioria dos casos não há transmissão entre humanos.
Os sintomas da raiva humana englobam algumas manifestações clínicas como, mal estar geral, dor de cabeça, vômitos, alteração no comportamento, alternância de lucidez e loucura, alucinações, insônia, extrema agressividade e irritabilidade, inquietude, hipersexualidade em que a pessoa pode agir como se estivesse no denominado ?cio? dos cães, aumento de temperatura, sensação de angústia, dor de garganta, confusão e desorientação, dificuldade de deglutir, paralisia motora, espasmos e salivação excessiva.
Há também efeito colateral no cérebro chamado hidrofobia, ou seja, medo de água, então a pessoa têm sede, mas não consegue beber água, pois têm um medo irracional de água.
Diversos países apresentam elevado número de ocorrências da doença, o que faz da raiva humana uma doença mundial e severa.
Existem duas formas de manifestação da doença sendo estas, a raiva urbana e a raiva rural. A raiva urbana é transmitida principalmente de cão para cão. A raiva rural é mantida no campo pelo morcego hematófago, que é o reservatório do vírus rábico no ambiente rural.

Raiva humana tratamentoaplicação de vacina

A evolução da doença é praticamente 100% letal, sendo elevado o número de casos humanos com a raiva e de pessoas submetidas a tratamento anti-rábico com vacina.
A imunidade à doença é conferida através de vacinação, acompanhada ou não por soro. A vacina não é preventiva, entretanto é terapêutica.

Raiva humana agente etiológicodesenho sobre a campanha de vacinação

O agente etiológico é um vírus que se desenvolve dentro do sistema nervoso, causando inflamação no cérebro e deixando o animal extremamente agressivo e salivando excessivamente, logo o vírus replica na saliva, o animal morde outro animal e pessoas e assim o contagio se prolifera.
A mudança no comportamento do animal é drástica a que facilita o diagnóstico, pois se torna exageradamente agressivo.
Após a mordida leva-se em torno de 30 a 40 para se observar os sintomas da doença, dependendo da distância do local da mordida até o cérebro. Depois dos 40 dias o local da ferida se abre novamente, demonstrando que a doença já tomou grandes proporções dentro do corpo da pessoa.

É importante tomar a vacina imediatamente após a mordida do animal que está apresentando os sintomas, pois a não vacinação ou a demora pela busca do tratamento impossibilita o controle da doença.

GD Star Rating
loading...

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>