Transtorno Bipolar do humor conceito

papeis com carinhas emotivasCaracterizado pela oscilação de euforia e depressão, o transtorno bipolar do humor é uma doença que tem sido frequentemente difundida nos tempos atuais.
Infelizmente esta doença tem sido vulgarizada por leigos, os quais desconhecem ou ignoram a gravidade deste transtorno que causa muito sofrimento ao que o possui e aos seus familiares.
Os elementos predominantes deste transtorno são: 1) inúmeras alterações de humor, tendo diversas crises ao longo da vida, 2) inclinação genética, aproximadamente 27% a 74% de filhos de genitor (es) bipolares também possuem o transtorno, 3) altas taxas de suicídio 80% dos casos, 51% tentam suicídio 15% consumam o ato.

Transtorno Bipolar sintomas

homem e desenhos de varias emoçõesOs sintomas são constatados pela instabilidade emocional, ou seja, os altos e baixos de humor, sendo assim alternam-se em episódios depressivos e maníacos.
Os sintomas depressivos compõem-se por melancolia, pensamento recorrente de morte, plano de cometer suicídio, pensamento confuso, dificuldade de concentração, indecisão, andar e movimentos lentos, humor deprimido maior parte do dia, perda ou diminuição do interesse ou prazer em quase todas as atividades, sentimento de inutilidade ou desvalia, desesperança, desamparo ou culpa excessiva.
Já os sintomas na mania ou euforia consistem em pensamento acelerado, fuga de ideias, agitação, perda da razão, elevada autoestima, alegria exagerada, demonstrações de afeto exageradas envolvendo crises de choro, insônia grave, ataques ocasionais de raiva sem haver provocação, a pessoa se mostra bem humorada até demais, fica distraído, desinibido, quer comprar e gastar em excesso.
Outros sintomas que aparecem são o ganho de peso, aumento ou diminuição de apetite, delírios de perseguição, alucinações auditivas, alteração do sono, cansaço e diminuição de energia física.

Transtorno Bipolar tratamento

mulher de costas uma parte do cabelo presa com amarrador e a outra com lacinhos

O tratamento ideal consiste na associação de psicofármacos e psicoterapia.
A psicoterapia pode ser profunda ou educativa e visa o aprimoramento das relações interpessoais, ajuda na aderência ao medicamento, pois quem possui este transtorno geralmente apresenta muita dificuldade em aderir à medicação, desta forma a recorrência das crises.
Quando aos psicofármacos, é comum a utilização de estabilizadores do humor, antipsicóticos, anticonvulsivantes ou lítio, que é o tratamento de primeira linha para a maioria dos casos, uma vez que previne novas crises, porém quando em uso devem ser monitorados os níveis plasmáticos, pois há risco de toxicidade, causando diversos efeitos colaterais inclusive pode levar ao coma e a morte.

O transtorno bipolar do humor é uma doença desencadeada por um fator biológico que prejudica as funções psicológicas, sendo muitas vezes confundida com depressão ou esquizofrenia.
Ações que previnem recaídas e recorrências podem ser, traçar objetivos de vida mais realísticos, planejamento gradual de tarefas, bom relacionamento e apoio familiar, retomar as atividades do dia a dia, fixar o horário de sono e refeição.

GD Star Rating
loading...

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>